Minha Namorada PT 11( A prima também safada )

Click to this video!
Autor

Continuação

Jana entra no carro puta da vida e meio seca solta que eu não tinha falado nada do que iria acontecer, tento acalmar ela, perguntando o porque ela estaria nervosa daquele jeito .

Ela se acalma e diz que precisava beber alguma coisa e tomar um banho. Ligo o carro e a levo para minha casa no caminho ela me conta que Paulo era um velho tarado e não era nem um pouco carinhoso. Que quando foram para o Motel no caminho ele já falou que acabaria com ela, e ordenou que ela beija-se a outra menina, Mas que ela achou que era brincadeira mas como ele ficou meio bravo a ruiva foi e beijou ela .já no quarto do motel ele pediu bebidas e telefonou para alguém. Largou o telefone e foi ao encontro delas. Tirou a roupa e mandou ela cair de boca assim sem cerimônia, enquanto ela chupava o pau dele a ruiva ficou pelada e foi para a cama que Paulo a segurou pelo cabelo e deu uns tapa na cara dela, e a mandou tirar a roupa e ficar só de calcinha. Ela ficou de joelhos no chão e a outra menina na cama ele foi na ante-sala do quando e voltou com bebidas Foi até a cama e jogou a bebida na buceta da ruiva e a mandou chupar.

— Ela retrucou pois nunca tinha ficado antes com outra mulher ainda mais feito aquilo mas como ele parecia decidido ela não teve como não obedecer.

Enquanto ela chupava a menina ela sentiu ele tirando a calcinha dela e falando que ela era o tipo de vagabunda que ela adora judiar e como ela era um presente ele iria caprichar e que Ficou com medo dele.

Sem rodeios ele joga bebida na bunda dela e ela sente a pau dele na entrada da buceta e num só golpe ele começar a socar nela. E ao mesmo tempo seus dedos vao procurando e dedilhando a entrada de seu rabinho, ela tentar tirar a mão dele de sua bunda mas ele grita pra ela tirar a mão. E ela leva varios tapa na bunda. Alguns tempo passa e ele continua a socar em sua buceta. Ela já tinha acostumado a receber as estocadas quando ele para e leva o cacete na entrada de seu rabinho. Ela pede para ele ir devagar. Ele ri e lubrifica o paU com uma cuspida firme ele força o cacete até ele sumir todo no rabo dela desse ponto em diante ele começa a castigar ela com golpes rápidos e intensos e apertar seus seios, ela não via a hora dele gozar logo foi quando alguém bate na porta do quarto. Ele grita para elas

— agora vai começar a festa suas piranhas .Ele abre a porta e chega mais duas pessoas.

Eram mais dois homem que ele tinha chamado, entrando no quarto eles tem a visão de Jana de quatro e a ruivinha com perna aberta na cara dela. Começaram a tirar as roupas e pergunta quem eram as ninfeta — Paulo responde

— a ruiva se chama Graziela e tem 16 aninhos é filha de um funcionário. A loirinha se chama Jana tem 18 aninhos é um agrado que ganhei, só mocinhas de família galera. so bucetinha nova fiquem a vontade !!!

Um dos amigos ainda fala

— de família?? só se for familia de puta. Essa tem cara de anjo mas tá aqui oferecendo a buceta desse jeito e como assim agrado ??

Ele responde sabe aquele delícia do cu grande que faz propaganda.

Daí um dos cara fala –aquela que tava de short azul la no centro esses dias.

— essa mesmo então essa putinha aqui é prima dela. Vou ajudar o namorado dela a fazer uma festinha surpresa com elas, vamos comer essa aqui hoje e a outra putinha depois. Olha que coisa linda!! o rabo da outra é maior mas essa aqui tem mais peitos.

Depois disso Paulo voltou a comer o rabo dela e os dois caras foram comer a outra. Com os gemidos de todos disse que foi chamada de tudo quantos foi nome por Paulo e que resolveu entrar no jogo e provocar ele, dizendo a ele para não ter piedade do rabo dela que com a cabeça no chão e ela mesma levou as mãos na bunda e abriu as nadegas para facilitar a estocadas que ele dava nela diante disso o velho não resistiu e gozou no rabo dela, ele ficou tão excitado que começou a enfiar a língua em seu cu cheio de porra ja saciado Paulo diz que ainda não tinha acabado com ela, mas elogiou a ousadia dela em entrar no jogo, e ficou assistindo os caras a fazerem de tudo com a ruivinha. Em dado momento ele se recupera se levantou e vai participar da orgia da ruivinha enquanto um fudia a boceta o outro o cu, Paulo segurou ela pelo cabelos e socou na boca dela. Ele pedia a menina que assumi-se que era puta e pedi-se para ser comida e em meios a muito tapa na cara na bunda nos peitos sendo penetrada duplamente ele tira o pau da boca dela toda babada para ela gritar que era puta e pedia para ser arrombada. Ele gritava que jana era a próxima. A ruiva gemia de tesão de dor e PAulo louco gritando que ela era uma boa filha pois estava ajudando muito o pai a se manter no emprego. Certo momento Paulo chama Jana para o abate e tremendo de medo ela vai até eles.

Ele percebe o medo dela e diz pra ela ficar calma pois puta não sente medo, puta não reclama, que ela iria sentir oque ele queria fazer com Monique. E ordena que as duas fiquem na posição de 69 em cima dos Puff do quarto para uma chupar a outra enquanto eles vão revezando em comer o cu e a boceta delas é lubrificarem o cacete em sua bocas. Segundo ela Paulo a todo momento gostava mesmo era de ver a foda que ficava alizando as duas e tirando fotos que ele passava a mão nelas como se ela fosse um cavalo. No caso dela uma égua. Que ficava ao lado sempre observando. Acariciando dizendo coisas sem sentidos. Que elas mereciam aquilo que tinha que aproveitar a idade pois quanto mais nova melhor o prazer que elas proporcionavam, da resistência de suas bucetas, que Filha mulher e a melhor coisa que um pai pode trazer ao mundo.que alguém comeu a dele então ele comia as filha dos outros. dado momento puxa ela pelo cabelo e a tira da posiçÃo que ela estava e fala:

— Eu não vou te comer mais, mas meu amigos sim. E libera ela para os amigos. ele se senta manda a ruiva continuar a chupa lo e fica assistindo Jana ser castigada.ele queria ver os amigos fudendo com Jana. Ela Sente os dois Cácete na entrada do seu rabo e fica assustada, eles percebem o desepero dela. E fala para não fazerem aquilo . Paulo pede aos amigos que não machuquem ela, é só se ela aceita-se fazer.eles desistem

mas Um pau entra na buceta e outro no rabo. O cara fala bem baixinho.

— hoje não neh puta sem problemas. Vc é linda e ainda vai pedir isso pra gente. ela sorri e até tenta rebolar mas o medo era maior quando ela acostuma com os dois daí começa festa. Pra finalizar todos gozaram na boca das duas, Paulo ainda fala pra Jana avisar Monique que a vez dela ia chegar que era pra dizer que eles serão carinhosos com ela. Jana me conta isso é e fica furiosa teve que dar para três. Foi usada e abusada e pior os cara estavam loucos pela prima.levo ela pra casa e a coloquei no banho.quando ela saiu do banheiro, dei roupas de Monique para vestir e fomos conversar mas calma ela diz que está cansada a levo para o quarto. E a deito na cama ela meio que estranha.

Eu digo para ela relaxar. Eu começo a fazer uma massagem . Ela nem reage só curti o momento passo óleo por todo o corpo dela pescoço, ombro, barriga, tudo mesmo, quando chego no umbigo vou para os pés dela massageio todos os dedos dela, ela com os olhos fechados desço minha mao no meio das pernas. Ela meio que fecha as pernas e diz que esta dolorida mas que se eu for carinhoso eu podia brincar um pouquinho. Com muito cuidado tiro a minha roupa e a dela me posiciono entre as pernas dela ela mesma coloca meu pau na entrada de sua buceta, É me pede pra ser carinhoso com ela, prontamente eu a tranquilizo .A beijo como eu faço com Monique aos poucos ela vai perdendo o receio e vai se entregando abrindo mais as pernas eu sentia que ela já confiava e queria realmente estar ali continua beijando ela é penetrando firme e lentamente até ela não oferecer mas resistência. Pronto ela já estava com buceta babando no meu pau.ele era bem gostosa assim como a prima gostei da resistência pois ela já tava amaciada já tinha trepado com 3 antes. Aumento o ritmo e dou umas bombadas mais vigorosa nela. Ela sente a pressão e logo a lado piranha toma conta e aos sussurros ela me pede pra foder ela que eu podia fazer oque eu quisesse. Sem pensar eu continuo a meter nela, socava inteiro tirava ia até á a metade da bucetas dela dava duas rasas e uma fundo ia variado as estocadas forçava para os lados tentava ver se ela ia reclamar mas nada. Ela levava a mão na boca e até apertava os seio.

Fui até gozar dentro dela e vou socando ate porra começar a vazar da buceta dela. Eu estava fascinado que puta!!! Deve ser a genética kkkkk fiquei do lado dela na cama e falo pra ela que da próxima vez iria comer o cu dela. Dormimos ali mesmo. Quase no fim da noite acordo ela, pois tinha q buscar Monique que estava de trabalho e levei ela embora. nao sei se era sono ou canseira mas ela não falou muito.mas me disse que Paulo e os amigos estavam loucos por Monique e que pediu ajuda dela pra comer a prima que era pra mim ficar mais cuidadoso pois eles iriam tentar chegar nela sem eu saber. Tranquilizei ela dizendo que confiava muito em Monique pois se ela quisesse sair com outros ela já teria feito pois convite ela tinha muitos. Que agente tinha algo muito forte e por isso eu não tinha medo . Deixo ela em casa e a lembro que Monique não poderia saber de nada daquilo.

Então ela me pergunta se eu realmente iria deixar Paulo ou alguém comer Monique. Na verdade ainda não tinha certeza de nada, mas ela só vai fazer oque ela se sentir segura pra fazer sem ser obrigada a nada se ela quiser trepar vai ser por escolha dela.

Ela me pergunta oque eu ganharia com isso. Eu só respondo que não tinha como explicar, mas q com o tempo ela veria o resultado.

Ela me pergunta se eu era como Paulo se gostava de ver ?

Digo que ainda não tinha feito mas fiquei curioso com o que ela tinha me contado. Antes de sair do carro pergunto se a gente ia terminar oque começamos. Ela sai e não responde
deixo ela em casa e vou buscar Monique.
Vou pego Monique que pede para leva la embora pois estava cansada que não sabia o motivo de ter que fazer tantas horas a mais. Mal sabia ela que eu que era culpado disso. Levo ela embora e nem dou muita ideia já que pela hora não teria como levar ela em casa para nada. Ela me beija e desce da carro e fala que me liga no dia seguinte. De madrugada chega uma mensagem de Jana falando que a resposta de minha pergunta no carro era sim****************************************************************************

continua