como é linda a buceta da minha filha

Click to this video!
Autor

Oi, meu nome é Hector, tenho 37 anos, 2 filhos, um menino desse meu casamento atual e uma garota que eu tive por acidente com uma amiga de faculdade durante uma viagem de carnaval.

Agora minha filha com 18 anos resolveu me visitar aqui no Rio de Janeiro e ela está uma tremenda gata, morena, corpo bronzeado, peitinhos pequenos e durinhos, apontando para o alto e uma bunda linda que eu fiquei só observando enquanto ela tomava banho de piscina na casa de praia da nossa família.

A gente nunca teve uma relação comum de pai e filha pela falta de tempo de ver mais minha filha, além de que a mãe dela é casada com outro e demorou uns anos para minha filha vir me visitar, mas quando ela veio eu quis resgatar o tempo perdido mas confesso que não conseguia parar de maliciar com ela.

Vou chamar ela de Carlinha e tenho que dizer que minha filha tem um corpo de mulher e um rostinho de ninfeta inocente, daquelas que passam um ar de virgindade que só de pensar aumenta mais o tesão.

Um dia na casa de praia da gente, minha esposa ficou lá com o pessoal e resolvi acompanhar minha filha pela praia, já que tinha muito gavião solto lá e eu não queria que ela fosse assediada por nenhum moleque, então chegando lá ela tirou o shortinho apertado e pude ver sua bundinha linda, limpinha bem na minha cara e tive que pensar em qualquer outra coisa para o meu pau não subir ali mesmo.

De repente um cara chega, dá em cima dela e a minha gatinha pra se sair fala que eu sou o marido dela e me dá um abraço bem apertado, encostando seus peitos em mim e sua bucetinha linda no meu pau, que a essa altura subiu na hora e me deixou bem constrangido.

O cara pediu desculpas e saiu, eu fiquei ali pensando no que acabara de acontecer e a Carlinha visivelmente constrangida mas com a maior carinha de safada disse que aqueles caras mais novos eram uns chatos que só pensam com a cabeça de baixo e em seguida deitou na canga e pediu que eu passasse bronzeador nas costas dela.

Comecei a passar, peguei nas costas dela e na maior cara de pau fui descendo para aquela bundinha linda e notava ela dando umas empinadinhas muito sexys que deixou meu pau babando por aquela bunda gostosa.

Não aguentei aquela gostosa de biquíni e meu pau deu sinal de vida

Depois de um tempo a gente ali, meu pau duro, tive que colocar a toalha em cima do colo pra disfarçar, mesmo a praia já estando bem vazia, mas ela levantou, pegou a toalha, olhou meu pau e nesse momento vi os bicos dos peitos dela ficarem bem durinhos, então a safada perguntou se podia sentar comigo, eu disse que sim e ela sentou no meu colo.

Fiquei ali parado e a minha filha começou a mexer devagar no meu colo, então eu sem aguentar aquele amasso gostoso coloquei meu pau pra fora, afastei o biquíni dela e comecei a passar meu pau na entradinha da buceta dela, mas como estávamos fora de si de tanto tesão, levantei ela, botei minha rola de volta na sunga e peguei na mão dela a fomos até o mar.

Lá dentro não aguentei, fiquei abraçando ela de costas e passando a cabeça do meu pau naquela bunda gostosa e não demorou para eu penetrar a garota de uma vez só, uma delícia aquela xaninha quente e bem apertada esmagando meu pau.
minha filha
Confesso que senti muita culpa e medo de como seria dali pra frente, mas como homem pensa com a rola, continuei fodendo minha filha enquanto ela falava que meu pau era gostoso, dizia que morria de tesão em mim e puxou minha mão pra eu tocar nos seus peitinhos.

Ficamos ali metendo e a safada disse que queria mais, mas quando chegou no carro tive uma crise de consciência e falei que era melhor a gente esquecer aquilo porque daria um problemão, mas a Carlinha disse que já tínhamos transado e não teria como mudar aquilo.

No carro ela foi pegando no meu pau, apertando meu saco e se abaixou pra dar uma chupada bem gostosa, e que chupada! Mulher nenhuma abocanhou minha pica desse jeito gostoso e sem frescura e nesse clima fomos para um motel na
saída da cidade pra não levantar suspeita.

No motel, com um quarto luxuoso eu tomei um banho com ela pra tirar aquela água salgada do corpo e deitei aquela putinha gostosa na cama, chupei a bucetinha greluda dela, deixei ela bem molhadinha e depois enfiei a pica na safada, perguntando se ela curtia dar para o papai, falar isso me dava muito tesão e ela dizia: Minha buceta é sua papai, come sua filhinha puta, come!

E eu delirava de prazer e a nossa foda não durou o que a gente gostaria, gozei dentro da buceta da minha filha e fomos de volta pra casa tentando parecer naturais.

Depois dessa foda eu fiquei completamente apaixonado por ela e ela por mim de um jeito muito forte. Não conseguia parar de pensar na minha filha e naquela bucetinha gostosa, então fiz a proposta dela vir morar comigo e ela aceitou de imediato, agora a gente vive esse relacionamento escondido, minha esposa nem suspeita e muito menos a mãe dela, porque em casa sou um pai dedicado, mas quando estamos sozinhos a gente sempre aproveita pra dar uma trepada bem gostosa.