Fui pegar e acabei sendo comido

Click to this video!

Meu nome é Thiago, já escrevi alguns contos aqui, ( transando no trabalho I, II, III, transando com um negão, transando com o vizinho e transando com 7 na sauna do hotel e dando pro Júnior, Cleiton – o homem que vende queijo, transando com dois no natal e festa com três amigos)
Este fato aconteceu a uns três meses, quando estou indo pra casa, depois do trem, eu pego um ônibus, tem um homem, um pouco mais baixo que eu, moreno, aparentemente uns 40 anos, corpo legal, tem uma barriguinha saliente, mas nada que você perceba a primeira olhada, um pacote chamativo e uma bunda redondinha e empinada, eu sempre observava ele, principalmente ao descer do ônibus, ele percebeu e um dia, ele sentou no meu lado e começou a puxar conversa, disse seu nome (Márcio), conversa vai, conversa vem, acabamos falando de esposas, sexo e eu falei:
Eu: – cara eu sou tarado em sexo!
Márcio: – que tipo de sexo?
Eu: – todos os tipos, anal, oral…!!
Márcio: – e tua mulher dar o cu de boa??
Eu: sim, mas… eu também gosto de outros tipos de sexo!!
Márcio: – como assim?
Eu: – tipo… eu sou fissurado em bunda… bunda e rola!! ( eu disse isso com um certo receio.)
Márcio: – eu já tinha percebido isso!! já reparei que você me olhava sempre!!
Eu: – tá tão na cara assim??
Márcio: – é normal cara! Agente percebe!
Nisso ele já foi abrindo o zíper da calça, enfiou a mão e colocou o pau já meia bomba pra fora, e disse: ( agente estava na ultima filheira de bancos e o ônibus quase vazio)
Márcio: – você não está cansado só de olhar? Vem pegar um pouquinho aqui, sente ele na sua mão!!
Eu: – só se for agora!!
Comecei a pegar naquele pau meio mole, ele foi endurecendo na minha mão até que ficou duraço, daí eu descobri o porque daquele volume todo na calça dele, o pau dele deve ter uns 21 cm, e depois de um tempo ele falou:
Márcio: – da uma chupada nele, vai!! eu olho, pra não deixar ninguém ver agente. Vai chupa um pouquinho, vai!!
Meio com receio, mas me deitei no colo dele e comecei a mamar aquele pau delicioso e enorme, mal cabia na minha boca! Chupei ele até que ele disse que ia descer, daí ele guardou e perguntou se eu não queria ir até a casa dele, pois a mulher dele trabalharia até a 22 horas, e até ela chegar em casa tinha um tempo pra aproveitar, não resisti e fui com ele, chegamos na casa dele, tá meio sem graça, e pedi um copo de água, quando ele trouxe, já veio com o pau pra fora e já duro novamente e disse que só daria a água se eu prometesse que faria ele gozar naquela noite, eu prometi, bebi a água, em seguida me abaixei e comecei a chupar aquele mastro novamente, depois de uns 5 minutos ele me guiou, foi me encochando até o quarto, tiramos nossas roupas, estávamos pelados, ele me colocou de quatro e anunciou que iria me recompensar pela mamada, passou um gel no meu cu e foi pincelando a cabeça do pau na minha bunda, me levando ao delírio, daí ele anuncia:
Márcio: – agora vou comer esse seu rabo gostoso! Olha que cuzinho lindo, cara vou meter nele, tô com uma puta tesão nele,
Botou a cabeça do cassete no meu cu, e começou a forçar para dentro, senti cada centímetro dele entrando em mim, em seguida começou me foder com um vai e vem delicioso e lento, depois aumentou, que delícia de rola cara, fiquei maluco e comecei a rebolar naquele pauzão, ele me dava uns tapas de leve e me falava que eu ia ser sua puta agora! Ele me fodeu assim por uns 15 minutos, depois me colocou de frango ( amo essa posição, pois o pau entra mais fundo, além de ver o rosto de quem esta me comendo ) e me comeu por mais uns 10 minutos, depois ele pediu pra eu cavalgar sobre o pau dele, fiz isso, enquanto ele fodia meu cu, eu fazia massagem no peitoral dele, nas coxas, e no saco dele, depois de uns 20 minutos ali, ele com o pau dentro do meu cu, ele começou a bater punheta no meu pau, quando eu disse pra ele parar, senão eu ia gozar, ele continuou mais forte ainda, me fazendo gozar muito sobre seus peitos, em seguida senti ele encher meu cu de porra também, ficamos ali parados, exaustos, eu deitado sobre o peito dele, me lambuzando com minha própria porra no peito dele, quando o pau dele amoleceu e foi saindo do meu cu, ele me deitou de bruços, eu pensei que ele ia meter em mim de novo, mas ele foi e começou a chupar meu rabo, sugou toda a porra que ele depositou la, e em seguida me deu um beijão, liberando aquele leite na minha boca também! Depois fui pra casa feliz por ter finalmente conhecido o pau daquele moreno do ônibus!!