Criança Inocente na rua. By Ceifeiro

Click to this video!

Foi numa tarde de sábado, que na praça vi uma menina sozinha, brincando no balanço, de dentro do carro observei por mais de 1 hora ela, estava sozinha, era branquinha com cabelos pretos, estava de short de lycra, tinha um corpo lindo, me aproximei com meu cachorrinho branquinho, a melhor isca para crianças, e na hora ela se abaixou para fazer carinho no cachorro,que lindo tiu, ela falou, na hora meu coração bateu descompensado, olhei ela de perto, uma deliciosinha de 9 anos, perguntei seu nome e ela disse Paula, perguntei se ela gostava de cachorrinhos, sim adoro, disse que tinha filhotes em casa e se ela não queria ver ? ela na hora topou, perguntei se ela estava sozinha, e se morava perto, ela disse que estava sozinha e que veio visitar uma tia, e que a tia não estava em casa,e só viria para casa a noite, coloquei aquela delicia no carro,coxas deliciosas, no caminho perguntei se ela tinha namorado, disse q não,entramos em casa, pedi para ela se abaixar para ela não ver onde era a casa e para qualquer vizinho não ver também, peguei ela pela mãozinha e levei onde estava os cachorrinhos,me abaixei e coloquei ela na minha frente bem colada a mim,encostei o pau na bundinha dela, ela feliz vendo os cachorrinhos, fui dentro da casa e fiz um milk shake com um comprimido de rupynol, boa noite Cinderela, ela comeu muito rápido, ficamos na sala vendo tv, puxei ela para meu colo, obedeceu fiquei com ela por uns 20 minutos, quando comecei a ver o efeito do remédio fazer, tio to com sono, vou colocar vc na cama, quero ir embora, calma dorme um pouquinho, levei ela pela mão para o quarto, já chapada comecei a tirar a roupinha dela,dizia para ela vamos brincar de filinha e papai, tirando o shortinho nossa vi uma bucetinha deliciosa de 9 anos, cai de boca, chupei com vontade ela só gemia, alucinada pelo efeito do medicamento, linguá no cuzinho, totalmente nua, beijava a boca dela delicia de gostinho,com um pouco de gel comecei a penetrar o anus dela com meus dedos, ela gemia de dor, e isso me exitava muito, aquele cuzinho virgem sendo literalmente comido delicia!!! Resolvi colocar um pano na sua boquinha, pois ela estava fazendo barulho com os gemidos e choro,amarrei seus pulsos junto aos tornozelos, ficando na posição franguinho assado, comecei a meter naquela bucetinha imaculada, com gel sentia que ela se descolava para entrar minha pica um choro abafado pela mordaça me dava mais tesão, meti até o fundo, minhas bolas bateram na bundinha dela,comecei um movimento de vai e vem devagar e fui aumentando bombando forte, meti na minha princesinha por 40 minutos,via sangue naquela bucetinha linda, coloquei ela sentada no meu pau e judiei dela metendo com força, nossa a sensação é muito boa, minha meta era o cuzinho dela, passei mais gel e comecei a forçar, ela já sem sentidos dormindo,aquela bundinha infantil lisa e empinadinha me convidava para o estupro, fui metendo e o cuzinho dilatando, ela acorda com muito dar, ta doendo tiuuuuuuu,um chorinho o pano tinha caído da boca, continuei coloquei o pano e comecei a bombar muito forte, ele chorando muito e eu metendo fundo no seu anus lindo, apertado muito apertado, foi se abrindo, eu lubrificando e metendo, aquela criança amarrada me dava mais tesão meti por uns 30 minutos naquele cuzinho infantil, quando finalmente gozei, muito, um jato inundando aquela menina, mesmo tendo gozado continuava metendo, queria empurrar todo meu esperma para dentro dela, tirei meu pau e Vi o estrago no cuzinho dela, entrou 2 dedos, escoria muito leite dele, desamarrei ela, dormia e acordava desorientada, toda arrombadinha, beijei ela na boca chupei seus peitinhos minúsculos, enchi a banheira e coloquei ela no colo, queria aquela menina para mim, para sempre, para comer ela todos os dias, na água quente comecei a banhar ela, beijava sua boquinha, lavei sua bucetinha decabaçada, seu cuzinho, para tirar qualquer vestígio de esperma, dei outro comprimido para ela dormir, coloquei ela aquecida na cama, depois com ela dormindo coloquei ela no carro enrolada num cobertor que comprei especialmente para esta ocasião, já eram uma 22hs, parei em uma praça deserta, e com todo cuidado coloquei ela deitadinha vestida com suas roupinhas e bem enroladinha no cobertor para não passar frio, fui embora com uma sensação de satisfação maravilhosa, sei que o inferno tem uma vaga para mim, mas fazer o que? Espero que todos tenham gostado do conto.