Resdevouz

Click to this video!

Eu, Fernando e Raimundo fomos nos especializando em dar o cu sem cantar ninguem, depois que o Padre me comeu quis ficar fregues apesar do picão do Padre uma delicia por sinal ficou estranho todo dia eu aparecer na igreja apesar de tantos pecados, o padre não podia me ver levantava barraca na hora fiz o pobre perder 10 kilos de tanto fuder. Comecei então a andar com minhas irmãs, todas novinhas com uns peitinhos de dar inveja e tesão até a seu Luiz que tinha um medo enorme da mulher D Eugenia bicha brava negona gostosa da porra. Negociei com seu Luiz ele comia qualquer irmã minha e liberava D. Eugenia pro meu primo Bené e assim negociei com D. Eugenia que dava cobertura e ela comia Bené e ela liberava seu Luiz pra me comer, assim matava tres coelhos de uma vez só. Um pensava que tava traindo o outro e todo mundo sabia sem saber de nada. Onde eu ganhava nisso? Bené ficava agradecido em comer D Eugenia que ele tinha tesão mas não tinha coragem de cantar em troca me comia 1 vez por foda dada em D Eugenia, Seu Luiz ficava agradecido por comer minhas irmãs 1 cada semana e me comia no dia q D Eugenia ia dar a Bené. Ficando tudo ok. negociava com os peões pra comer minhas irmãs como eles eram 4 cada um comia cada irmã o que sobrace me comia assim cada dia que eles iam fuder eu tinha um peão diferente pra dar. Meus irmãos ficaram puto comigo não sobrava nada pra eles, fiz o seguinte: O Padre comia Fernando 2ª feira e 4ª feira comia Raimundo na 3ª comia Tia Josefa e meu tio me comia, na 5ª feira Seu Luiz liberava D Eugenia pro Bené e me comia, na 6ª feira eu armava D. Laura pra Bené e Papai comia Tia Josefa, titio me comia de novo no domingo os peões eram meus e de meus irmãos, inventavamos, pequenique, castração de touro, aprender montaria tudo que era coisa de roça papai deixava e nós na pica 4 peões pra 3 viadinhos a gente sempre estava na vantagem se é que dar o cu a semana toda era vantagem papai feliz, D Laura feliz, Tia Josefa feliz, D Eugenia feliz, o Padre Felicissimo, nossas irmãs tudo putinhas felizes só fiscalizava pra não engravidarem trazia na corda curta camisinha quando esqueciam pilula do dia seguinte controlava menstruação direto virei negociante de foda. Só faltou a luz vermelha na porta de casa. o melhor era que todo mundo era corno e puta e viado e achavam que levavam vantagem. até os peões achavam que levavam vantagem sem saber que quem gozava eramos nós os viadinhos. era uma farra só conseguir botar D. Gildete a esposa gostosa do fazendeiro botei na fita depois que peguei ela na festa do sitio chupando a lingua de Bené no banheiro lá de casa ameacei fazer escandalo que o macho era meu ela pediu por todos os santos negociei tambem fiz ela minha putona primeiro depois q comi disse agora pode dar a Bené. e ela: é verdade? disse vá lá me deve essa, depois me paga em favor. os favores que eu queria era o marido dela manter meu pai bem longe de casa assim todo mundo podia fuder a vontade D Laura, minhas irmãs, meus irmãos, todo mundo feliz. Armei com o fazendeiro o seguinte joguei D. Cintia a beata sonsa na pica do cara e de quebra ainda comeu Bianca minha prima, o coroa pirou. queria me dar até moto eu disse não quero em pica, assim quando D Gildete queria dar a Bené eu entrava no meio dizia q queria ele naquele dia, como ele tinha uma cabana no alto do morro acertava com ele me dava a chave da cabana eu ia esperava lá e entrava na pica do coroa, uma saude só. Avisava a D. Gildete que ia fazer alguma transação na cidade e deixava o campo limpo. Levava Bené de tarde na fazenda ela escondia ele no quarto dela no closet o coroa saia pra viajar eu pegava carona pra casa ele me dava a chave eu levava D Cintia e dava de bandeja ao coroa.Fiz da região o maior fudisterio. Agora tô armando uma suruba gigante todo mundo vai comer todo mundo sem saber quem é quem. só vão descobrir Bené por motivos obvios.