1º Vídeo e 1º Vez (Com cavalo)

Click to this video!

Oi.Me chamo Alexia,tenho 23 anos e moro no Rio grande do Sul, mas já morei em São Paulo capital quando tinha 18 anos.Bem, vou começar dessa época porque nessa época foi quando eu descobri um dos meus maiores tesões(não me pergunte o porquê), vou ser bem direta;;;cavalos.
Sou morena.Cabelos bem preto e liso até ombro, nariz empinado, mas não só o nariz, admito eu.Meu porte de corpo é médio, penso eu, mas sinto que recebo muitas olhadas durante a ida ao trabalho e volta pra casa.Era mais nova, tinha 18 anos, não era mais virgem, tinha até muitos namorados e alguns me satisfizeram;sou mulher feita.Entretanto, tenho um segredo e nunca contei a ninguém.Eu sou zoófila e gosto de cavalos.Tudo começou quando tinha 18 anos, já tinha terminado a 8 meses e desacreditei nos relacionamentos.Eram complicados, cansativos, e chatos.Namorar tomava meu tempo, minha paciência, não era mais as mesmas quando era mais apaixonada, e mesmo assim ainda continuava a ver filmes pornos de casais héteros.Um certo dia, quando eu ainda estava de férias, morava com minha mãe, ela tinha ido dormir e fui ver filme porno no computador(como de costume,depois de trabalhar e estudar a matéria da faculdade e tudo), pois sempre dormi pouco, já era tarde da noite, umas 2h .Fiquei vendo filmes de anal gangbang interracial(como os americanos chamam esse tipo de vídeo), passei a gostar de coisas diferentes, quando uma vez,procurando um vídeo, cliquei em um site que apareceu na frente da seta na hora de clicar em outro vídeo.A página se abriu e era uma foto contendo os seguintes detalhes,irei tentar explicar da forma e do jeito que vi: Era uma mulher loira, de olhos castanhos claro, olhando pra tela do computador com uma piroca de cavalo cor de rosa e a cabeça preta, que parecia um cogumelo, na boca,Ela parecia estar gostando e quando vi fechei a aba de susto, pois nunca tinha visto nada assim antes e nem imaginava que existiam pessoas que gostavam de fazer isso.Voltei a ver tv por causa do susto mas fiquei pensando porque eu tinha demorado a fechar e aquilo foi me dando curiosidade.Voltei para o computador, abri o google e no campo pesquisar digitei “mulher com pau de cavalo na boca”,meu deus, me lembro ainda do tesão que eu senti enquanto digitava, inexplicável, era algo novo, nunca meu coração bateu tão forte, não sei se era medo de ser pega pela minha mãe ou o que. Cliquei no botão web e apareceu alguns blogs, brasileiros inclusive e muito bons.Cliquei e selecionei opção “cavalo”.Apareceu muitos vídeos e por sorte achei o vídeo da foto que vi.Cliquei no vídeo e comecei a assistir, não passava de alguns segundos,49segs pra ser mais específica.E nossa.Uau.Eca mas parecia ser bom;Que delícia.Essas foram as minhas reações, lambia os lábios e não acreditava naquilo que eu vi.Minha boca ficou seca..minha garganta se fechou..eu senti meu corpo ficar quente e minhas pernas ficarem inquietas, nunca me toquei tanto.O cavalo tinha gozado na boca dela e ela não aguentou e se engasgou.uau..UAU.Vi o vídeo várias vezes e ainda consigo achar o vídeo na internet desde aquela época.Não sei se posso postar aqui junto com a estória, ou se vão reclamar,mas lá vai: zoofilia.blog.br/168/loirinha-lev ando-gozada-na-cara/

Fui procurar como era o gosto do gozo de cavalo na internet e tinha achado algumas fontes que dizia que dependia da alimentação do cavalo, da idade, e de ser bem hidratado.E que alguns sites até falava que a alimentação no dia, refletia no gosto e na textura do esperma até 30h depois da digestão do alimento.~curiosidade e a dica~
Esse vídeo eu vi no terceiro dia de férias e as minhas férias eram de um mês e 3 semanas.Era carnaval e minha amiga que conhecia desde os meus 9 anos, me chamou para passar o carnaval na região dos lagos,no RJ, em uma casa que os país dela tinha comprado e que passava por algumas reformas.Não era um sítio mas tinha um espaço cheio de mato alto com muros altos e duas árvores.No terceiro dia, de manhã, acordei com minha amiga fazendo barulho com as janelas e fomos para a varanda tomar café da manhã.Foi quando passou com um rapaz da localidade com um cavalo, alazão, marrom, com porte forte, bem musculoso e parou na porta da casa dela.minha amiga disse que o pai dela tinha comprado e que foi um dos motivos dele ter ido naquele final de semana.Tivemos um dia normal mas ficar vendo aquele cavalo todas as vezes que passava atrás da casa foi mexendo comigo e tentei ficar o mais natural possível.Agi normal em todas as ocasiões-não que eu n planejasse nada-.Ouvindo a conversa no final da tarde, do pai e da mãe da minha amiga, um dos assuntos foi, quantos anos o alazão tinha, qual era o alimento dele preferido, perguntados pela mãe da minha amiga, além de outras pergunta.A resposta foi que o alazão gostava de verduras mas preferia frutas, principalmente abacaxi, pois segundo o visitante, os cavalos gostavam de melaço.Não pude deixar de ignorar essas informações e comecei a pensar besteira a partir dai….Na mesma noite eu dormi com isso na cabeça, pensando, e talvez imaginando um pouco e acabei que sonhei.Mas foi rápido demais e logo acordei com tesão até.Tratei de esquecer pois caso alguém descobrisse, iriam achar que eu era doente ou algo pior, tratei de tirar isso da cabeça.Depois do café da manhã, os país da minha amiga tinham combinado de ir no mercado, e ela aproveitaria a carona para ir no centro, fazer o cabelo.Como eu já tinha feito o cabelo, e ela tinha me dado a opção de escolha, optei por ficar em casa, porque não seria possível ir em outro lugar se não apenas no mercado e no cabeleireiro.Eles saíram as 8h36 da manhã e fui ver tv e depois ficar na piscina…passei pela parte de trás da casa como costume e lá estava ele, pastando.Fiquei lá na borda da piscina e pensando..Pensei: Eles saíram agora e talvez demorem…mas fiquei pensando que alguém poderia chegar então tratei de mais uma vez esquecer essa ideia.Entrei para tomar água, pois estava muito calor.No caminho eu passei pelo alazão e ele estava de pau duro.Não acreditei.Meu coração bateu forte e foi me dando curiosidade muito mais forte do que do vídeo, e me peguei pensando em fazer besteira, foi quando eu cai na real e pensei comigo mesmo que eles poderia chegar a qualquer hora e me pegarem.Tratei de me portar.Voltai para a piscina e depois de 15min meu telefone toca.Era minha amiga falando que tinha pego um engarrafamento na ida e que estavam na metade do caminho, portanto seria pior para voltar, tanto na mesma hora, como talvez na hora de sair do mercado.Como não tinha perguntado que horas eles chegariam, a perguntei.Ela respondeu, logo apos perguntar ao pai dela, que talvez as 12h e que se eu sentisse fome, para ficar a vontade e comer o que tiver na geladeira.DE NOVO MEU CORAÇÃO BATEU MAIS FORTE E MEU CORPO FICAR QUENTE.Eu pensei comigo mesmo que agora era possível, e que quanto mais eu demorasse, pior.Não troquei de roupa, continuei com biquine.Estava quente.Fui aos fundos da casa.Lá estava ele e me aproximei..perto do alazão tinha um recipiente repleto de água e que estava pela metade.Pensei comigo mesma e falei baixo – hidratado.Verifiquei ao redor e não tinham como bisbilhotar por de trás do muro ou por cima dele.Levei o cavalo pra debaixo das duas árvores por garantia.Peguei lá dentro sabão e esponja.Já sabia como funcionava mas nunca tinha feito.Deixei os objetos perto.Acareciei-o, deixei ele me cheira, e comecei a passar a mão nas costas e ao lado do animal..pra relaxar ele, pois não sabia como era o temperamento dele.Logo depois, comecei acariciar em baixo..e plof, o pinto dele começou a sair da capa preta..como tinha visto de longe não tinha averiguado o tamanho mas de perto, meu deus, era enorme e veiudo,,bem definido por veiar bem largas e pele.Peguei a esponja e o sabonete e passei na cabeça e no corpo da piroca dele..ele deu um relincho médio pois acho que sentiu o toque..pra limpar mesmo eu larguei a esponja e comecei a usar a mão.Era quentinho.Musculoso e rígido..um rígido bom de apertar.comecei a passar fazendo movimentos de trás pra frente..ele começou a morder a árvore de eu não estava mais aguentando..eu precisava experimentar..sentir aquilo..já tinha colocado a mão..já tinha visto..sentir o cheiro.Não aguentei..lavei o membro bem..passei a mão pra tirar um pouco o molhado da água mas já estava misturado com a aguinha que saiu da cabeça do pau dele.Me abaixei..fiquei de frente pra aquilo e parei e pensei..é agora..meti a boca.Fui nas estrelas..a cabeça da piroca dele estava tão dura que de primeira não consegui passar dos meus lábios..mas fiz questão de passar a língua..a pontinha e depois a língua toda..tanto no cabo até o furinho da cabeça de onde saí..apertando bem o meio pra sobrar mais e acumular mais sangue pra cabeça.Depois de algumas tentativas eu consegui encaixar a cabeça na boca toda..me lembro que abri bem a boca e fiz força pra entrar..na hora ele soltou uma rajadinha de água de pau.Não era o gozo mas tinha gosto de abacaxi com planta verde..eu tirei o pau só pra não derramar e bebi.Senti descendo queimando e não aguentei.Eu me fiz uma promessa.Tenho que fazer esse cavalo gozar..ou na minha boca, ou na minha cara ou nos meus peitos..mas que seja em mim, e mesmo que depois eu lamba algum lugar..EU TENHO QUE SABER O GOSTO.
Tirei a calcinha para não esgarçar e coloquei o pau dele entre as minhas pernas..eu sabia que não dava pra por na parte da frente nem da de trás, mas fiz para simular uma vagina de égua usando as minhas coxas.O pau dele foi ficando mais duro e subindo, batendo na minha buceta e barriga.. e depois de um tempo começou a jogar mais água..mais água..e nesse momento eu desci,fiquei de joelho em frente daquilo e meti a boca, disse, é agora de novo, coloquei uma mão na metade do pau e a outra um pouco perto do começo da benga, e a cabeça estava na boca…recebi o primeiro jato, não aguentei de tanta porra e tirei da boca por engasgar, mas continuei segurando a piroca dele..o segundo jato foi no meu rosto, fechando meus olhos e entrando no meu nariz escorrendo para os meus seios e barriga..passei a mão no rosto a fim de limpar, mas a porra que estava na boca eu segurei.Eu estava lambuzada..toda de branco como se fosse sabonete pelo corpo todo.Fiz um bochecho com a porra pra sentir bem o gosto..era salgadinha com um doce no final..puxava pra gosto de abacaxi e era espeça..bem espeça..um pouco ácida mas bem quentinha.uAUuuuuuuuuuuuuuuuuuuu fui a loucura..demorei mas engoli em 3 goles.Eu não fui até ali pra sentir nojinho e cuspir tudo, pensei comigo mesma.Datalhe..não fiz cara feia..engoli tudo e com vontade mesmo.Depois, deixei tudo como estava e fui me lavar no chuveiro..demorei a tirar o “sabonete” hsushushsu.Ocorreu tudo bem..ninguém me descobriu e me satisfiz.Pronto..sonho realizo.As únicas pessoas que sabem são vocês por ser um segredo pessoal.

Beijos ;*